Obrigado


woowoo.jpg

Eu comecei este blog porque quando os meus amigos no Brasil me perguntavam como ia a vida, eu tinha uma certa dificuldade de explicar. Eu tenho que reconhecer que levo uma vida, digamos, pouco ortodoxa. Com o blog, dá para colocar umas fotos, dar algum contexto, fica mais fácil explicar mas que raio afinal eu faço da minha vida aqui. Esperava que três gatos pingados lessem isso. E a minha mãe. Mas a minha mãe até hoje ainda não conseguiu achar esse blog.

Pois é, desde o seu começo modesto, quase dois meses depois este blog está bombando, com mais de 200 hits por dia com picos de até 600 hits por dia. Não chega a ser assim um BoingBoing da vida, mas a gente faz o que pode. Quem diria que existem tantos desocupados assim interessados em lesmas gigantes movidas a hidrogênio, a campanha de um maluco para prefeito, os baculejos da vida em um galpão e escrevinhações de terceira categoria.

Agradecemos a preferência, obrigado por vir torrar o seu tempo livre aqui. Mas, aqui entre nós, vocês não têm nada melhor para fazer não?

Advertisements

10 comments so far

  1. Marri on

    A foto do cigarrinho de chocolate Pan é inconfundível, coisas da infância…

    Eu tenho muito o que fazer, mas a curiosidade feminina é de matar, pior que a dos gatos! Até a minha irmã Tuca (lembra dela?) dá uma xeretada aqui para saber o que foi feito de você.
    Aposto que a maioria leva uma vida bem certinha(eu incluída nesta lista) e se diverte com as maluquices que você apronta por aí. Ainda mais os velhos amigos…

  2. Dr. Fiasco on

    Legal, Marri, mande um beijo para a Tuca. Mas que velhos amigos? Aí pessoal, saiam da moita e identifiquem-se. Quem mais tá aí?

  3. Graciele on

    Um beijo, Kiko! Acho seu blog uma delícia! Sou até inscrita no Feed!!!! 🙂

  4. ronas on

    Preciso confessar. Eu entro aqui 150 vezes por dia, mas não é paixão, não, é porque me disseram que se eu for o cliente número 200 ganho um porta-escova de dentes.

  5. Dr. Fiasco on

    Ronas, de consolação você vai levar um lindo conjunto de cozinha em pinus e cerejeira da Tamakavi.

    Graciele, obrigado pela rasgação de seda.

  6. Graciele on

    EIIIIIIIII, e o cheque? Pensa que é fácil vir aqui, ler e rasgar seda? Preenche aí! E não me venha com os móveis da Tamakavy!

  7. Tuca on

    Você não imaginava reverberações do blog aqui nessa ilha de jaculões (na província, o aumentativo de jacu) cercada de cana-de-açúcar, não é mesmo?
    Então. A Marri (pode ser Jones ou Johnny, ela responde) continua sendo a minha queridinha e ainda me deu mais uma, a Lulu, que é a menininha mais legal e descolada do sul maravilha.
    Quando a Jonnhy me falou do blog, imediatamente fiz uma atualização crítica, você era da turminha bacana do Bandeirantes.
    Um abração pra você.

  8. Dr. Fiasco on

    Oi Tuca, quanto tempo! Em matéria de jaculão, acho que aqui tem muito mais que no Brasil. Eu alterno entre o otimismo e o desespero quando o assunto é Brasil. Quando eu vier ao Brasil seria legal se nós fossemos tomar umas cervejinhas. Beijão, Kiko.

  9. Tuca on

    Eu não alterno nada, sou um tédio. Mesmo em meio ao desespero, sou otimista e cervejinha é quase um pão nosso de cada dia. Tô quase uma nativa de Piracicaba, praticamente uma jaculona.

  10. Tuca on

    Em tempo: quando você vier pra terrinha, a gente toma uma de barranco.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: