As maravilhas do desemprego


preguica.jpg

Montara, 6 a 8 pés, sem vento, com sol, numa terça-feira à tarde, só eu e um leão marinho

Festival de bang-bang do Sergio Leone até 4 da matina em dia de semana

Sair com os amigos na segunda à noite, bar vazio, whiskey a $3 a dose. Ressaca fenomenal na terça de manhã.

Corridinha no Golden Gate Park na hora do almoço para acabar com a ressaca

Burrito mais duas cervejas no almoço depois da corrida para não ficar saudável demais.

Passar duas horas batendo papo com uma completa (e bonitinha) estranha num café. Não ter que pagar
pelo café porque a dona é minha amiga.

Fazer do café o meu escritório, com laptop e celular, trabalhando no meu projeto de dot com

Zanzar de bicicleta pela cidade fotografando possíveis locações para o filme do meu amigo.

Tocar Round Midnight com um pedal wah wah no telhado do galpão numa tarde de sol.

Passar horas no ferro-velho procurando “aquela” peça que nem você sabe o que é mas quando você encontrá-la saberá.

Finalmente ter tempo para escrever aquele paper que eu estou querendo publicar há anos.

Escrever besteiras neste blog.

Acho que nunca mais vou trabalhar na vida. Isso se eu não for deportado desse país, quer dizer.

Advertisements

3 comments so far

  1. Graciele on

    Vidão!!!! 🙂

  2. Marri on

    Nos últimos anos o que mais me incomodou foi ter a agenda sempre cheia. Hora marcada pra tudo, sair de um hospital para outro, sempre atrasada e culpando o trânsito. Me vi numa situação que nem podia sentar com algum amigo pra jogar conversa fora num café de fim de tarde. Sair à noite então…quem é que tem pique depois de trabalhar 14 horas seguidas?
    Em novembro surgiu uma proposta para contratação no hospital escola. Salário de funcionário público, mas aquele status de trabalhar junto à Universidade. No final não deu certo e foi ótimo.
    Nas 12 horas semanais que ficaria lá eu me cuido: amigos, esportes, massagens, salão de beleza, ócio, dança de salão…o melhor de tudo e que às vezes em plena terça-feira eu saio da cama às 11:00h. Tem coisa melhor?
    Aproveite porque a boa vida vai durar pouco…

  3. Dr. Fiasco on

    Vidão hein Marri?

    Eu não chego a tanto, às 6:30 da manhã já estou de pé para ir pegar umas ondinhas antes do café.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: