Mudanças


Depois de três anos construindo todo tipo de engenhoca, de lesmas gigantes de metal a chuveiros de fogo controlados por computador no Shipyard em Berkeley, chegou a hora de trocar de ares. No fim de semana passado, o Instituto Caboclo Pai Jaú de Tecnologia, Funilaria e Pintura, do qual eu sou fundador, presidente e único membro, mudou a sua sede para um container na Box Shop, em San Francisco. Fica a dez minutos da minha casa e o meu container fica do lado do atelier da Jenn. A Jenn está trabalhando em um novo projeto dela, o Bayview Art Patch , que vai revitalizar um espaço público com esculturas fabricadas com peças de automóveis na área mais pobre e violenta de San Francisco. E eu vou ajudar como operário padrão, na fabricação em metal. O casal que constrói coisas junto permanece junto, ou leva um ao outro à demência, um dos dois.  Veremos.

O meu primeiro projeto na Box Shop será construir o paddleboard com que eu vou cruzar os 58 km entre Molokai e O’ahu em julho do ano que vem. Depois tenho que terminar a minha série de stêncils para a minha primeira mostra individual em Fevereiro em San Francisco. E ainda tenho dez dias pela frente em alto-mar no meio disso tudo. É bom estar ocupado.

A Box Shop é também o lar das Flaming Lotus Girls, que acabaram de voltar do Robodock, um festival de arte industrial em Amsterdam. E agora estão a caminho da Austrália. E mais para frente, Coachella. Ocupadas estas meninas…

Advertisements

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: