Três Segredos de uma Vista


jaco_pastorius

Há uns meses um CD que eu ouvia o tempo todo era o Birthday Concert do Jaco Pastorius.  É o típico disco que só músico ouve, não é muito acessível, mas toda vez que você ouve, descobre um filigrana novo.  Daí um dia eu sentei com a guitarra, passei um fim de semana inteiro trancado no estúdio e gravei um arranjo  que eu fiz para Three Views of a Secret, que tem uma versão sensacional no disco, com naipes de metais e o escambau.

Sexta passada, saindo de um bar na Vila Madalena, pego um táxi e o motorista põe um CD para tocar e não é que é o Birthday Concert?  E eu achava que era o único cara que ainda escutava essas coisas.  O taxista é baixista semi-profissional, toca samba-jazz, engatamos uma conversa até chegar em casa.  Peguei o email dele e mandei a versão que eu gravei aqui.  Esse na verdade é o primeiro take, cheio de erros, mas o primeiro take sempre tem mais espontaneidade, quanto mais versões você grava mais você se preocupa em não errar e menos com o som.  Então vamos de primeira com as imperfeições mesmo, mais ou menos como a vida, e com essa filosofia de botequim encerramos por hoje.

Ouve aí.

Advertisements

3 comments so far

  1. Lise on

    Terra chamando kiko. Acabei de ver um filme, Surf up, de pinguins que surfam, e tinha um que era a tua cara. Saudade.

  2. Ivan on

    “Três segredos de um olhar”, e não vista!

    • Dr. Fiasco on

      Bem, o nome da música em Inglês é “Three Views of a Secret”, que pode ser traduzido como “Três olhares” ou “Três vistas”, não sei porque preferi usar vista, mas sugestão anotada.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: